BRUTALIDADE: Mulher morta pelo namorado foi atingida por 11 facadas em Itapiranga

Postada em: 26/11/2019 às 11:13:22


Cristiane Arenhard, de 37 anos, foi morta pelo namorado com pelo menos 11 facadas na tarde desta segunda-feira (25). O crime bárbaro foi cometido por volta das 15h, na casa da vítima.


Segundo familiares, Cristiane estava voltando da delegacia, onde havia registrado um Boletim de Ocorrência após receber ameaças do companheiro.


No momento em que chegou em casa, a mulher foi surpreendida pelo autor, que desferiu as facadas, atingindo ela na região das costas, face, tórax e pescoço.


O filho da vítima, um adolescente de 16 anos, estava na casa no momento em que os fatos aconteceram e precisou pular uma janela para fugir.


Familiares da vítima contaram à reportagem da 103 FM que o autor do crime residia em Santo Augusto, no Rio Grande do Sul, e estava insistindo para que a vítima fosse morar com ele naquela cidade. Diante da negativa, o homem começou a ameaçá-la. Não há informações oficiais sobre a motivação.


O corpo da vítima foi trazido para São Miguel do Oeste, onde passou por necropsia no Instituto Médico Legal e já foi liberado para os atos fúnebres.


 


 

AUTOR PRESO

 

Menos de cinco horas após cometer o crime, o homem apontado como autor já foi preso pela Polícia. A Polícia Civil divulgou durante a madrugada desta terça-feira (26) uma nota oficial sobre a prisão. Leia:

 




Foto: Polícia Civil



 

"Na data de hoje, 25 de novembro de 2019, a Polícia Civil de Santa Catarina foi notificada, por volta das 15h, da ocorrência de um feminicídio no Bairro Bela Vista, em Itapiranga. A equipe de investigação foi acionada e, após diligências, logrou identificar o autor do crime, como sendo o companheiro da vítima.

 

Apurou-se que a vítima vinha sofrendo ameaças, mas que, mesmo devidamente orientada a requerer medidas protetivas, a vítima recusou tal providência.

 

Porém, infelizmente, na data de hoje, o agressor a procurou e consumou o crime, matando-a a facadas, em sua própria casa.

 

Nas diligências iniciais (imediatamente após os fatos) da Polícia Civil, identificaram-se as características do suspeito, um homem de 32 anos, residente em Campo Novo, no Rio Grande do Sul. De posse desses elementos, a equipe da Polícia Civil compartilhou informações com a Brigada Militar e a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, sendo que, por volta das 19h, o suspeito foi preso, na cidade de Pinheirinho do Vale, no RS.

 

O suspeito foi preso em flagrante e autuado pelo Delegado de Polícia da Polícia Civil de Santa Catarina pelo crime de feminicídio.

 

O preso foi encaminhado à UPA de São Miguel do Oeste, onde ficará a disposição da Justiça.

 

O Delegado esclarece que as medidas protetivas são instrumentos de defesa muito importantes às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A mulher tem este poder em mãos e deve exercê-lo quando for vítima de algum ato criminoso por parte do companheiro. O Delegado ressalta, também, que a mais simples ameaça é um ato grave de agressão e as vítimas não devem encarar tais fatos como algo passageiro ou que o agressor “irá melhorar”.

 

Por fim, anote-se que as diligências policiais contaram com a integração das equipes da DPCo Fron de Itapiranga, DIC de São Miguel do Oeste, Polícia Civil do Rio Grande do Sul e Brigada Militar do Rio Grande do Sul, este última que, de forma diligente com as informações repassadas pela DPCo Fron de Itapiranga, logrou êxito em prender o autor do crime, no Rio Grande do Sul."

 

Informações:  Marcos Lewe / Rádio 103 FM



DEIXE SEU COMENTÁRIO

COMPARTILHE